sexta-feira, 13 de maio de 2016

A máscara caiu!

O termo pelego foi popularizado durante a era Vargas, nos anos 1930. Imitando a Carta Del Lavoro, do fascista italiano Mussolini, Getúlio decretou a Lei de Sindicalização em 1931, submetendo os estatutos dos sindicatos ao Ministério do Trabalho. Pelego era o líder sindical de confiança do governo que garantia o atrelamento da entidade ao Estado. Décadas depois, o termo voltou à tona com a ditadura militar. "Pelego" passou a ser o dirigente sindical indicado pelos militares, sendo o representante máximo do chamado "sindicalismo marrom". A palavra que antigamente designava a pele ou o pano que amaciava o contato entre o cavaleiro e a sela virou sinônimo de traidor dos trabalhadores e aliado do governo e dos patrões.
Esse sindicalista é um pelego.

6 comentários:

  1. SINFAZERJ vendindo, não nos representa!

    ResponderExcluir
  2. Dado o recado!! Muitos de nós já sabemos quem são os pelegos na SEFAZ mas é importante que aqueles que se submetem aos pelegos tb se deem conta!!

    ResponderExcluir
  3. Somente a ANAFERJ que me representa!!!!!

    ResponderExcluir
  4. A máscara deles já havia caído faz muito tempo.... Pelego desgraçado!!!

    ResponderExcluir
  5. Caiu na última assembleia deles, onde destilaram todos os ódio na ANAFERJ e usaram de assédio moral contra os novos analistas presentes na assembleia!!

    ResponderExcluir